Google+ Followers

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Protestos na cúpula do G7, na Alemanha

Protestos são realizados na Alemanha por causa da reunião do G7

Manifestações ocorrem nas cidades de Leipzig e Garmisch-Partenkirchen
Quase 4 mil manifestantes protestaram pacificamente, neste sábado, em Garmisch-Partenkirchen, estação de esportes de inverno na Baviera (sul da Alemanha), contra a reunião de cúpula do G7 que começará no domingo.

Os manifestantes, ativistas antiglobalização, ecologistas e anticapitalistas em grande peso, eram 3,6 mil segundo a polícia bávara, 5 mil segundo os organizadores. A marcha ocorreu em meio a uma forte presença policial.

Um colorido cortejo (a exceção dos anarquistas, todos vestidos de preto) desfilaram pelas pitorescas ruas desta localidade alpina.

No início da tarde foram registrados alguns incidentes, constatou um jornalista da AFP, entre manifestantes e a polícia, que lançou gases lacrimogênios. Um policial e ao menos uma manifestante ficaram feridos, segundo as forças de ordem.

Mas com exceção dos confrontos isolados, a manifestação ocorreu de forma pacífica, ao ponto de a polícia a classificar em um tuíte como "manifestação alegre". 

Alguns manifestantes vestiam os trajes tradicionais da Baviera - com calças curtas de couro e camisa quadriculada para os homens, e vestidos coloridos e avental para as mulheres.

Os manifestantes protestavam contra a realização da conferência do G7, que reunirá a partir do domingo os chefes de Estado e de governo dos Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Itália e Reino Unido no castelo de Elmau, cerca de 15 km de Garmisch-Partenkirchen.

Tensão em Leipzig 

O centro de Leipzig (leste da Alemanha) foi cenário na sexta-feira à noite de atos de vandalismo, que podem estar relacionados à reunião do G7 de domingo em Elmau, no sul do país.

Mas de 100 pessoas, algumas delas encapuzadas, criaram uma barricada com pneus em chamas no centro da cidade. Também atiraram pedras e bombas incendiárias que provocaram destruição em vários edifícios públicos.

Três policiais ficaram feridos e três viaturas oficiais foram danificadas.

Um homem foi detido e a polícia abriu uma investigação sobre os atos de vandalismo, sem descartar a possibilidade de uma reação ao importante dispositivo de segurança mobilizado para a reunião do G7 em Elmau.
Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/mundo/2015/06/06/interna_mundo,579978/protestos-sao-realizados-na-alemanha-por-causa-da-reuniao-do-g7.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário